Insights Transformação Digital

Novo conceito de jornada do consumidor: uma opção moderna para acompanhar as mudanças do mercado!

por Martin Luz Devs em 13/05/2021

Análise de como um novo conceito de jornada do consumidor está sendo aplicado no mercado para criar campanhas cada vez mais assertivas.

A pandemia transformou a vida das pessoas e seus hábitos de consumo. Portanto, novas formas de abordar o conceito de jornada do consumidor foram construídas nos últimos meses para proporcionar uma experiência melhor para o usuário.

Os funis de marketing tradicionais passaram por alteração. Agora, todo o cuidado na jornada do consumidor precisa estar integrado. Do primeiro contato com a marca à compra do produto e futura fidelização, todos os passos estão conectados mostrando que o funil tradicional não pode mais ser considerado como única estratégia de marketing.

No ano passado, o comércio eletrônico teve um salto recorde, refletindo o aumento da demanda por conta da pandemia e pelo número maior de empresas que também decidiu entrar no mercado on-line. 

De acordo com um estudo realizado pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o crescimento nas vendas foi de 68% em relação ao ano de 2019. Isso fez com que a participação do e-commerce no faturamento total do varejo tivesse um aumento de 10% em apenas alguns meses do ano passado.

Essas mudanças se tornaram reais a partir do momento em que as pessoas passaram a se conectar mais na primeira fase do distanciamento, na qual todo e qualquer tipo de compra era feita de feita on-line. 

Com isso, além dos que já compravam diariamente na internet por comodidade, surgiram os que passaram a comprar por conta da necessidade. Ou seja: são públicos distintos, mas que precisavam ser alcançados durante a jornada de compra.

O novo conceito de jornada do consumidor

A primeira coisa que vem à cabeça quando falamos em jornada do consumidor é o tradicional funil de marketing visando as etapas principais: aprendizado e descoberta, reconhecimento do problema, consideração e solução, além da decisão de compra. 

Com as mudanças que podem ocorrer durante esse caminho, o usuário simplesmente tem chance de ir da etapa de descoberta direto para a decisão de compra.

Digamos que a jornada do consumidor passou de um estado de funil para um pentagrama, no qual todas as etapas podem se conectar para que ele complete uma compra em qualquer etapa. Cada fase em que as linhas se cruzam se tornam nós, que chamamos de “nó de decisão”: o ponto interligado que se torna uma decisão em potencial.

Esse é o propósito do Hexágono de Hankins. Um modelo de jornada que é baseado em seis estados onde todos se ligam. A suposição básica do hexágono é que os caminhos não são lineares, ou seja, ele é capaz de ter mais eficácia durante a jornada do consumidor do que o modelo AIDA (Atenção, Interesse, Desejo e Ação). 

O Hexágono de Hankins deixa caminhos abertos para que o cliente avance sozinho

No Hexágono de Hankins a pessoa pode criar a sua própria jornada dentro dos seis pilares da estratégia. 

Dentro desse modelo, poucos caminhos podem ser considerados fixos. A maioria é de mão dupla – ciclos de mudança no comportamento e feedbacks – onde, dependendo do caminho traçado, pode ser revertido através de algum contato com o cliente ou que ele volte através de um pós-venda positivo.

Com esse modelo, o consumidor pode começar de qualquer lugar, ou até mesmo, criar o seu próprio caminho. 

A assimilação passiva é onde a maioria das organizações travam quando se trata de estratégias dentro da jornada do consumidor. 

Empresas como a Martin Luz conseguem obter uma visão mais completa da campanha para abordar de maneira mais assertiva os leads, através de estratégia personalizada.

Procuramos criar campanhas cada vez mais diretas e que aumentem a probabilidade de uma pessoa escolher a marca em questão ao invés de um concorrente.

Com esse modelo sendo aplicado diretamente nas campanhas, é possível priorizar o ponto que merece mais esforços para melhorar, abrindo mais possibilidades para o usuário continuar seguindo a sua jornada até a compra.

Estar atento às mudanças do mercado é o foco aqui na Martin Luz para proporcionar campanhas cada vez mais direcionadas para os clientes. Os valores da empresa são colocados em pauta para que isso atraia mais leads. A partir daí, podemos pensar em uma campanha assertiva, que tenha foco no crescimento do nosso cliente.